Engenharia Mecatrônica

O profissional formado em Engenharia Mecatrônica pode criar e aplicar projetos de automação em indústrias. Ele é capaz de operar, construir e dar manutenção nos mais diversos tipos de máquinas, além de projetar sistemas para controle de equipamentos em prédios comerciais e residenciais.

Unindo os conhecimentos de mecânica, eletrônica e computação, esse profissional trabalha com máquinas que funcionam isoladamente ou até com sistemas mais complexos, ou seja, máquinas que controlam o funcionamento de outras máquinas e que não necessitam da intervenção humana.

É uma profissão que exige grande capacidade de observação, atualização constante, habilidade com cálculos e capacidade de trabalhar em equipe. Ser criativo, curioso, interessado e organizado também são características importantes para quem deseja seguir a carreira de Engenharia Mecatrônica.

Graduação

Os dois primeiros anos do curso de engenharia mecatrônica são dedicados às disciplinas básicas das engenharias. Será estudado cálculo, desenho técnico, física, programação dentre outras matérias básicas como interpretação e produção de texto, sociologia, legislação dentre outras. Apesar de as disciplinas básicas da engenharia, aparecerem no currículo, a maior parte da carga horária se divide entre as matérias de automação e tecnologia. Estuda-se engenharia de software, modelagem, biomecânica, ciência dos materiais, eletricidade, circuitos digitais, eletrônica de potência, fenômenos de transporte, robótica aplicada, sistemas embarcados e computação para automação. A partir do segundo ano, há muitas aulas em laboratório, onde o aluno coloca em prática o que aprende em sala de aula. No último ano, é preciso fazer estágio e ainda um trabalho de conclusão de curso.

Mercado de trabalho

O aumento do uso de equipamentos mecânicos que são controlados por computadores, principalmente na indústria, como robôs – já existem departamentos inteiros só comandados por essas máquinas – requer profissionais especializados. Esse cenário ajuda a manter aquecido o mercado para o engenheiro mecatrônico. E a tendência é que essa demanda se mantenha nos próximos anos. Apesar das indústrias química, automobilística, aeronáutica, naval e de petróleo e gás serem tradicionais empregadores do bacharel, todo setor que emprega sistemas robóticos necessita desse engenheiro. Ele é procurado para atuar na área de projeto e manutenção de equipamentos automatizados. Empresas de tecnologia da informação e de integração de sistemas de automação também procuram pelo bacharel para a área de desenvolvimento de softwares. O Sudeste e a região da Zona Franca de Manaus concentram o maior número de oportunidades.

Mesmo diante da deterioração do mercado de trabalho brasileiro, as áreas de engenharia mecatrônica e de controle e automação apresentam boas oportunidades, principalmente em empresas que buscam aperfeiçoar as operações por meio da mecanização da linha produtiva.

Finalidade

O curso de Engenharia Mecatrônica tem por finalidade formar e qualificar profissionais no âmbito da formação acadêmica e tecnológica, para o setor produtivo e de serviços, bem como realizar pesquisa aplicada e promover o desenvolvimento de novos processos, produtos e serviços em estreita articulação com os setores produtivos e a sociedade.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *