As 10 Principais Vantagens de Trabalhar como Freelancer

O Trabalho freelancer tem crescido muito nos últimos anos, não só pela evolução da internet que permite realizar trabalhos para qualquer lugar do mundo mas também porque os profissionais estão mais dispostos a trabalhar em sistema home office, tirando proveito de todas as vantagens que este tipo de trabalho oferece. Mas claro, nem tudo é um mar de rosas. Em alguns momentos você vai encontrar clientes difíceis, vai ter dificuldade em receber o pagamento de seus clientes ou ainda ou ainda vai ter dificuldade em manter a produtividade trabalhando em casa. Mas hoje vou partilhar com vocês algumas vantagens de trabalhar como freelancer, o que na minha opinião são muito mais vantagens do que desvantagens. Esse post resulta da minha própria experiência trabalhando como freelancer a quase 10 anos. Mas se você também trabalha como freela e quer compartilhar sua experiência conosco, deixe seu comentário no final desse post.

 1 – Maior ganho financeiro

Quando você é funcionário seu aumento salarial fica bastante limitado. Eu lembro bem que nós tínhamos nosso salário regulado pelas convenções coletivas e na melhor das hipóteses, recebíamos um aumento de 8% ao ano. É muito raro ver uma empresa conceder um aumento mair que este num espaço temporal de um ano. A verdade é que muitas nem mesmo repassam esse aumento aos seus funcionários. Porém, no trabalho de freelancer os aumentos mensais (não anuais) podem ocorrer na casa dos 50% em muitos dos casos. Tudo depende da procura de clientes e da qualidade dos projetos. Esta é, a meu ver, uma das vantagens mais interessantes. Mas para consegui-lo o freela precisa apresentar um trabalho de qualidade, conseguir clientes que paguem valores elevados e estar constantemente à procura de novos interessados no seu trabalho. Mas sim: é possível aumentar exponencialmente os ganhos mensais de um profissional freelancer!

2 – Liberdade para trabalhar onde quiser

Uma das grandes vantagens que o freelancer tem atualmente é a sua capacidade de conseguir trabalhar onde quiser, basta apenas ter um computador. Antigamente isso não era possível e o trabalho do freela era realizado apenas um nível local. Com o crescimento da internet essa liberdade tornou-se total. O freelancer pode estar trabalhando num país e prestando serviços para clientes que estejam do outro lado do oceano. Ou, porque não trabalhar na beira da praia? Essa é a liberdade de ser um freelancer.  Isso é possível, apesar de não ser tão simples como parece. Existem na internet inúmeros relatos de profissionais freelancers que começaram a viajar e a trabalhar um mês em casa país. Mas repito: isso é possível mas não é tão simples assim. É necessário muita organização e disciplina, de forma a estar em outro país e mesmo assim desempenhar as suas funções enquanto freelancer.

3 – Melhor gestão do seu tempo

Começar a trabalhar em casa é uma grande mudança. No trabalho em casa é possível organizar o dia, manter o foco naquilo que realmente interessa e manter o ambiente de trabalho organizado sem muitas dificuldades. Num trabalho in loco, é possível, mas é muito mais difícil. Sempre tem aquele colega que gosta de conversar, fazer perguntas, aquela pessoa que chega no escritório e assim por diante. Quando você passa a trabalhar em casa, essas distrações desaprecem. As coisas ficam mais simples. Claro que para isso acontecer, você precisa focar apenas em produzir.

4 – Controle das interrupções

Num escritório, você não controla as interrupções, mas em casa sim. É sua opção desligar o email, o telefone, deixar de lado o vício do facebook. É sua escolha. Trabalhando em casa, você tem a opção de diminuir tudo aquilo que lhe tira o foco. Enquanto que num emprego normal, muitas vezes você é improdutivo, menos focado e com mais stress.

5 – Aumento de conhecimento

Trabalhar em casa significa maior liberdade mas também mais estudo e dedicação. Quem tem o seu próprio negócio sabe o quanto é difícil satisfazer os pedidos constantes dos clientes. E para ser bem sucedido o freelancer necessita de estar constantemente estudando e renovando os seus conhecimentos. Não só porque o mercado assim o exige mas também porque existe tempo para isso. Enquanto no trabalho normal você está apenas focado em realizar tarefas, o freela pode sempre encontrar um tempo livre para dar uma olhada no seu feed de notícias ou ler algumas páginas daquele livro que está há várias semanas no seu Kindle, ou ainda assistir aquele tutorial para resolver um problema no seu projeto.

6 – Autonomia

Num emprego normal, muitas vezes você fica frustrado por não conseguir aplicar suas ideias. Você se sente como sendo apenas “mais um”. Já no trabalho freelancer, você passa a ter autonomia nas escolhas e trabalhos. Você escolhe com quem trabalhar, quando trabalhar e a qualidade de seu trabalho. Claro que na muitas vezes algumas coisas ficam condicionadas àquilo que o cliente deseja. Mas enquanto num emprego normal você tem que fazer aquilo que seu chefe manda, como freelancer você escolhe seus clientes.

7 – Melhor equilíbrio da sua vida pessoal e profissional

Poder passar grande parte do meu dia em casa, ao lado de quem mais gosto, é algo que para mim não tem preço. Isso não era possível no meu emprego anterior, agora já é. Não tem nada mais estressante do que ter sempre a mesma rotina: sair de casa às seis da manhã e chegar do trabalho às oito da noite. E no dia seguinte tudo de novo! Enquanto freelancer isso mudou radicalmente. Agora também tenho o meu horário (é óbvio) mas não perco tempo com deslocações desnecessárias.

Além disso, sempre dá para tirar aquela manhã de descanso ou aquele final de dia de sexta-feira para passear com a família. Como é óbvio, nem tudo é perfeito. Tem dias em que necessito trabalhar até mais tarde ou por vezes os finais de semana estão ocupados com trabalho, muitas vezes desenvolvendo novos projetos para clientes. Porém, esses esforços no final acabam valendo a pena.

8 – Menos despesas

A partir do momento que o local de trabalho é a própria casa, os custos tendem a descer consideravelmente. Menos gastos em comida, gasolina ou outras futilidades que acabamos por desperdiçar quando existe um trabalho das oito às cinco. No fundo, o freelancer acaba por adotar um estilo de vida mais minimalista, focando naquilo que é mais importante. Apesar de poder ser possível fazer toda esta economia financeira, também é importante que o freelancer, esporadicamente, saia de sua casa é vá almoçar a outro local ou que aproveite a sua pausa da tarde para ir beber um café a um espaço longe da sua casa. Muitas vezes eu apenas desço do meu apartamento para ver a rua ver pessoas, ou fico uns minutos na saca. Isso ajuda a quebrar um pouco a rotina. Trabalhar no local onde você vive é bom, mas tudo o que é demais acaba sendo prejudicial não só para a sua produtividade mas também para si, enquanto pessoa.

9 – Maior diversificação

Se tem uma coisa que eu aprendi é que não basta apenas trabalhar na minha área. É necessário entender de produtividade, organização pessoal, finanças pessoais e até redes sociais. E alem disso para aumentar o número de clientes é preciso trabalhar blogs ou portfólios. Eu mesmo sou por formação engenheiro, mas tive que aprender tudo isso, inclusive para passar essa experiencia para vocês. É difícil? Com certeza! É desafiante? Sem dúvida! Mas isso é um crescimento pessoal e profissional. Diversificar o conhecimento significa trabalho e algumas horas a menos de sono, mas vale a pena!

10 – Disciplina pessoal

Se o freelancer não tiver disciplina, infelizmente não conseguirá manter-se no mercado por muito tempo. Não vai acordar na hora programada, não conseguirá cumprir prazos com clientes. Esse é um mercado concorrido. Mas você pode ver esta situação de um ângulo diferente: trabalhar como freelancer pode ser uma boa motivação para você ser mais disciplinado.

Conclusão

Trabalhar como freelancer tem suas vantagens e desvantagens. Como disse logo no início, vejo mais vantagens do que desvantagens. Não é a toa que estou a quase 10 anos trabalhando como freelancer. Minha área é engenharia. A muita procura para trabalho freelancer nas áreas de engenharia, arquitetura e designer. Se você é um profissional dessas áreas faça um teste, comece se candidatando a alguns trabalhos freelancer. Vou indicar uma portal que eu acho muito bom. É especializado em trabalhos freelancer nas áreas de engenharia, arquitetura e designer. Você faz seu cadastro, divulga seus trabalhos e ainda tem acesso a um monte de ferramentas bacana. Da um conferi no Projetista Online!

E se você já trabalha como freelancer, compartilhe sua experiência conosco, através dos comentários. Um abraço e até mais!

Compartilhe
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
https://engenhariahoje.com/vantagens-de-trabalhar-como-freelancer/
LinkedIn
Instagram

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *