Tecnologia

Novo carregador sem fio transmite energia pelo ar e carrega diversos aparelhos simultaneamente

Um novo carregador sem fio criado por pesquisadores da Universidade de Aalto, na Finlândia, é capaz de transmitir a energia pelo ar.

Siga-nos no Instagram

Além disso, o carregador também permite o carregamento de diversos aparelhos de forma simultânea, sem precisar de nenhum plug.

O sistema feito pelos pesquisadores é ainda mais inovador, pois diferente de outras tecnologias similares criadas, que detectam a presença e posição do aparelho, esta nova tecnologia cria canais de transferência em todas direções.

Desse modo, não é preciso câmeras ou sensores para saber onde enviar a eletricidade, pois os canais de transferência os sintonizam de forma automática, quando os receptores estão em movimento.

O transmissor também é autoajustável, não sendo preciso componentes complexos para que se conectem a receptores embutidos em dispositivos.

De acordo com o autor do estudo, o pós-doutorando em engenharia, Prasad Jayathurathnage, como o transmissor é autoajustável, também é possível mover o dispositivo livremente, em uma ampla faixa de carga.

Novo carregador sem fio tem eficiência superior a 90%

Para carregar os eletrônicos, é preciso estar, por enquanto, a uma distância de até 20 centímetros, garantindo 90% de eficiência.

No entanto, é possível que a tecnologia seja capaz de trabalhar em espaços maiores, com uma taxa de transmissão elétrica menor.

Desse modo, levaria mais tempo para carregar um ou mais dispositivos, porém a distância não seria tão pequena.

“Por enquanto, o alcance máximo na eficiência de pico energético desse sistema depende exclusivamente do tamanho do transmissor e do receptor utilizado no aparelho a ser carregado. Com a engenharia certa e mais pesquisas nesse campo, poderíamos reduzi-los consideravelmente”

Prasad Jayathurathnage

Além disso, os pesquisadores ainda devem provar que o campo eletromagnético gerado pelo transmissor não é prejudicial aos seres humanos.

Bobinas

Para fazer a tecnologia de fato acontecer, o design das bobinas que foram usadas no transmissor foi o fator mais importante.

As bobinas foram enroladas de forma específica, e então foram criados dois tipos de campos magnéticos diferentes: um para fora e outro, ao redor do conjunto.

Como resultados, ambos campos acoplam o receptor e o transmissor, a fim de garantir uma transferência de energia eficiente e constante.


Fonte: Tecmundo

Imagem em destaque: Foto/Reprodução Aalto University

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo