Sustentabilidade

Empresa criou lanterna que pode funcionar até 45 dias com água do mar

A startup colombiana E-Dina criou a WaterLight, uma lanterna que pode funcionar até 45 dias com água do mar com meio de litro de água salgada.

A WaterLight é feita com materiais 100% recicláveis, projetada para as comunidades com pouco (ou nenhum) acesso à eletricidade, podendo durar de dois a três anos de uso, fornecendo aproximadamente 5.600 horas de energia.

A lanterna atua como um minigerador, gerando luz por ionização. Assim, o magnésio, que fica no interior do produto, gera energia ao entrar em contato com água do oceano ou água salgada comum.

Em casos de emergência, até mesmo é possível utilizar a urina para gerar energia para a lanterna.

Para que o gás hidrogênio gerado durante o processo de ionização possa escapar, a lanterna conta com uma tampa perfurada.

Assim que a evaporação das partículas de sal acaba, o recipiente poderá ser esvaziado e recarregado, enquanto a água restante no interior poderá ser reutilizada para fins de limpeza.

Lanterna que pode funcionar até 45 dias também pode ser utilizada como fonte de energia

Além de auxiliar como uma lanterna comum, o produto também tem a capacidade de carregar dispositivos elétricos através de uma porta USB.

Outras características da WaterLight é ter uma superfície antiderrapante e ser ergonômica, visto que deverá auxiliar a população para pescar, uma das principais fontes de sustento.

De acordo com o diretor de criação da agência Wunderman Thompson, uma empresa parceira no desenvolvimento do produto, o produto pode ser mais eficiente que lanternas de energia solar, uma vez que se regenera instantaneamente.

O diretor, Pipe Ruiz Pineda, também afirmou que a WaterLight também é menos dependente de condições climáticas para funcionar.

Projeto inspirado no povo Wayúu

A inspiração do projeto é no povo Wayúu e na sua ligação ancestral com o mar, essa inspiração pode ser vista no invólucro de madeira e também na alça da lanterna, que é tricotada com figuras de kanas (artesanatos milenares Wayúu).


Fonte: Ciclo Vivo

Imagem em destaque: Foto/Reprodução E-Dina

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo