Sustentabilidade

Engenheiro criou um micro gerador portátil para pequenas correntes de água

O micro gerador portátil, criado pelo engenheiro japonês Masaya Sumino, é capaz de funcionar mesmo com pequenas correntes de água.

O equipamento garante eletricidade nas mais diversas situações, tendo apenas 1 metro de altura por 28 centímetros, além de pesar somente 18 quilos.

O principal intuito do engenheiro é conceder acesso à eletricidade para regiões remotas, onde as pessoas enfrentam dificuldades. Assim, o micro gerador portátil pode estar em qualquer lugar do mundo, desde que exista um pequeno fluxo de água.

Por funcionar em correntes pouco profundas, ele também pode ser utilizado por quem deseja ter sua própria energia, precisando somente ter acesso à água corrente.

Sobre o micro gerador portátil

A turbina do gerador já foi testada, e é capaz de alimentar cercas elétricas, postes de iluminação e diversos outros equipamentos, pois usa a força da água das valas da estrada para que funcione a pá da turbina.

Toda esse energia não precisa que a queda de água seja muito volumosa ou acentuada, devido a uma diferença de altura de 15 que existe entre seu comprimento e uma parede de ferro que segura a água.

Essa parede de ferro segura a água até o momento em que ela passa a correr em uma velocidade suficiente para produzir energia.

Já o gerador em si, está instalado na outra extremidade do aparelho, que é capaz de gerar a eletricidade diretamente.

Criação do equipamento

Segundo Masaya, em Gifu, no Japão, ele sempre teve o pensamento de aproveitar a energia que vem da natureza, e como toda água que flui gera energia, ele criou o equipamento.

Além disso, de acordo com o engenheiro, esse micro gerador portátil é o primeiro gerador que pode ser transportado facilmente, devido ao seu peso.

Com o equipamento, é possível que as mais diversas pessoas tenham acesso à eletricidade, unindo a inovação junto a sustentabilidade.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo