Sustentabilidade

Corredor ecológico com 45 mil árvores irá preservar abelhas no Brasil

Com a iniciativa do Instituto Abelhas Nativas, as abelhas do cerrado estarão mais seguras. Pois estão criando o maior corredor ecológico de abelhas do mundo!

As abelhas entraram na mídia nos últimos anos, devido a ameaça de extinção que elas sofrem no mundo todo. Sendo consideradas uma das espécies de maior importância no reino animal.

Além de produzir produtos como mel e cera, consumidos pelo ser humano e usados na produção de remédios e cosméticos.

As abelhas tem como função “social” polinizar diversas espécies de plantas. O que faz com que corram risco de extinção, devido a grande concentração de agrotóxicos nos campos.

O Projeto Corredor Ecológico para preservação das Abelhas do Cerrado

O Instituto conta com apoio do Governo Federal e diversas instituições, inclusive com o apoio de voluntariado para a plantação das árvores do corredor.

Os bosques do projeto abelhas no parque, contarão ao todo com cerca de 45 mil árvores, que já estão sendo plantadas desde de novembro.

E o projeto visa que seja o maior corredor ecológico do mundo, com 10Km de extensão territorial. iniciando do Parque da Cidade até o Parque Nacional de Brasília.

Imagem ilustrativa da área de construção do corredor ecológico das abelhas do cerrado

O projeto possuí três vertentes:

  • Criar viveiros para cultivo de plantas nativas do cerrado;
  • Plantar as mudas das árvores; e,
  • Reintrodução das abelhas do cerrado no corredor ecológico.

Com esse plantio que se iniciou, esta reintrodução das abelhas será mais amigável, criando um ambiente propício para a perpetuação da espécie no corredor.

As abelhas necessitam de árvores específicas para que possam criar sua colmeia, e é justamente onde entra o projeto. Por isso serão plantadas mais de 30 tipos de espécies diferentes, desde ipês, jatobás, aroeiras, entre outras.

O corredor terá diversos bosques separados para que as abelhas possam migrar de um ponto a outro, fazendo o processo de polinização. E cada vez mais, poder aumentar sua “comunidade”.

Como as abelhas do cerrado não possuem veneno, elas não representam risco para as pessoas.

O que torna o corredor ecológico propício para o turismo futuramente para a cidade. Onde, em meio aos bosques coloridos e vivos, as pessoas poderão se sentar e fazer um piquenique, por exemplo.

De fato um projeto importante e de grande orgulho para nós brasileiros. E o que você acha sobre isso?


Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo