Curiosidades

Carro elétrico foi criado por brasileiro, 34 anos antes da Tesla, de Elon Musk

O carro elétrico do Brasil, foi o precursor dessa tecnologia limpa e moderna. Mas quando se fala em carro elétrico, normalmente as pessoas associal à Tesla.

Grande parte dos jovens, sequer sabem que o carro elétrico funcional, nasceu aqui em terras Brasileiras, há cerca de 46 anos atrás.

A Gurgel Motores S/A, nasceu do sonho de João Augusto Conrado do Amaral Gurgel (1926-2009), engenheiro e sonhador.

Ele foi um inovador da indústria automobilística nacional, além de brilhante e defensor da energia limpa.

O carro elétrico do Brasil

Quando Gurgel apresentou seu primeiro modelo elétrico, Musk era apenas uma criança de aproximadamente 3 anos de idade. Este modelo de 1974 era o primeiro projeto da Itaipu E-150.

O nome era de origem indígena, como todos os demais da marca e também um referimento à hidrelétrica de Itaipu.

O Itaipu era um projeto único, com linhas que se assemelhavam a um trapézio isósceles, para sua época já era bastante moderno e inovador.

O conceito mini do E-150 era algo que foi visto com certa estranheza no início. Porque, por se tratar de algo novo e contraditório ao que se via na indústria automobilística da época.

Normalmente se viam nas ruas carros com carrocerias robustas, (o famoso termo “carro americano”). Outro ponto era consumo de combustível fóssil, altamente poluente que dominava e domina até os dias atuais.

Aliás, os protótipos de carros elétricos atuais seguem a mesma linha do Gurgel, ser compacto.

Isso se considerarmos o conceito de mobilidade, são muito mais fáceis de estacionar e práticos no dia-a-dia urbano. Não é mesmo?

O protótipo Itaipu

O protótipo Itaipu comportava duas pessoas e pesava cerca de 780Kg, todo em fibra de vidro.

Com chassi tubular integrado à carroceria, modelo patenteado pela Gurgel, com o nome de Plasteel. Já possuía freios hidráulicos e alcançava em média 35Km/h de velocidade máxima.

No carro de linha a velocidade máxima atingia de 50 a 60Km/h. Equipado com um motor elétrico de 3.000 Watts/ 120 Volts e cerca de 4,2HP (horse power).

Já falando em baterias, para alimentar todo o motor e sistema, eram necessárias 10 baterias de 120 Volts cada com tempo de carregamento total de 10 horas.

A ideia inicial era que fosse um carro elétrico fácil de andar, recarregar em qualquer tomada elétrica, como um eletrodoméstico qualquer.

O problema é que as baterias eram extremamente pesadas e a tecnologia da época não permitia que fossem tão viáveis.

A Gurgel tinha planos de colocar o CENA, Carro Elétrico Nacional, um dos carros elétricos da empresa se tudo estivesse indo bem.

Mas o problema estava no quesito autonomia e esta era a grande barreira para a Gurgel Motores.

Nova tentativa, o Itaipu E-400

Após cerca de 5 anos de pesquisa, em 1980 a Gurgel apresentou seu novo modelo elétrico, Itaipu E-400.

O modelo era um furgão elétrico com desenho aerodinâmico e moderno, foi vendido no primeiro momento para empresas, para assim testarem o veículo.

Este modelo era mais fechado, com vidros apenas nas portas e quebra-ventos e remetia aos furgões tradicionais de carga, por exemplo.

Gurgel Itaipu E-400 1980
E-400 tração elétrica modelo conservado originalmente de 1980

O modelo trazia um motor Villares de 8Kw (11cv) e 3.000Rpm, possuí 4 marchas alcançando cerca de 80km/h em máxima.

Com baterias que pesavam cerca de 80kg e com 40 Volts cada, com tempo de recarga completa em 7 horas. sendo necessárias tomadas de 220 Volts.

Porém, mais uma vez a tecnologia limitada atrapalhava os planos da Gurgel. Peso e baixa autonomia das baterias, impediam que o projeto fosse para frente.

Com este seu carro elétrico do Brasil, João Gurgel deixou seu legado na história do automobilismo tanto nacional, quanto internacional.

E seus passos serviram de inspiração para Elon Musk criar seu primeiro carro elétrico no início dos anos 2000.

E você já conhecia esse veículo elétrico brasileiro? Ou pelo menos já ouviu falar na marca Gurgel?


Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet

Fonte: Gurgel800

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo