Inovação

Noruega testará pipas que geram energia eólica

Pipas que geram energia eólica deverão ser testadas em breve, a fim de substituir turbinas eólicas offshore.

A tecnologia está sendo financiada pela Royal Dutch Shell, Schlumberger e EON por 5 milhões de libras (aproximadamente R$ 40 milhões).

O interesse em substituir as turbinas eólicas offshore está devido ao custo dos materiais, muito acima que a tecnologia que está sendo criada.

A “pipa” está sendo produzida pela Kite Power Systems (KPS), que está trabalhando no dispositivo de 17 metros, capaz de flutuar em correntes de ar e gerar energia puxando um cabo.

“Pipas” que geram energia eólica devem começar os testes ainda este ano

A Kite Power Systems tinha planos de começar os testes das pipas que geram energia eólica em junho ou agosto de 2017, na Escócia.

Atualmente, a empresa foi absorvida pela Norwegian Kitemill AS, que planeja continuar o desenvolvimento na Noruega para realizar a primeira demonstração da tecnologia em 2021.

Segundo a empresa, o sistema é capaz de gerar eletricidade entre 55 a 58% do tempo, sendo um tempo superior a de um parque eólico tradicional.

A pipa comum criada pela empresa é de 500 quilowatts, porém também está sendo trabalhada em uma versão de 3 megawatts, com estimativa que a tecnologia possa chegar até 6 megawatts em cada dispositivo.

Tecnologia da invenção

A pipa do empreendimento é similar a de um avião, sendo projetada para produzir uma alta sustentação, que é transmitida como tração através da linha até a estação terrestre.

De acordo com a empresa, as pipas são construídas da mesma forma que as aeronaves modernas, com superfície e também estrutura de materiais compostos.

Isso deve fornecer uma energia rígida não só para lidar com uma alta potência, mas também disponibilizar uma longa vida ao equipamento.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução KPS

Fonte: Exame e KPS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo