Inovação

GM e Michelin “reinventam a roda” e criam pneus que não furam

A GM e Michelin estão reinventando a roda, que não poderá ser furada e que será a prova de balas, sendo uma das grandes inovações quando falamos de veículos terrestres.

O sistema totalmente exclusivo ganhou o nome de Uptis, e está previsto para lançamento em 2024.

O produto em si tem como nome Sistema Único de Pneus à Prova de Furos (que forma a sigla Uptis, em inglês), sendo uma grande premissa para 2024.

Nos siga também no Instagram, @enghoje

GM e Michelin e seu sistema Uptis

O desenvolvimento de um pneu que não é pneumático está indo bem, e o protótipo se baseia em uma roda sem ar.

Esse sistema foi apresentado durante o Movin’On Summit para a mobilidade sustentável, uma vez que apresenta menos manutenções para o motorista.

Ele tem base no pneu/roda Tweel da empresa Michelin, que foi apresentado há tempos: em 2005, no Detroit Auto Show.

Assim como o pneu Tweel, o Uptis também utiliza raios de fibra de vidro reforçados com resina como elementos de suporte de carga.

Além disso, o cubo do pneu é integrado, enquanto o piso de borracha também é moldado em uma plataforma circular que fica conectada ao final dos raios.

Atualmente, o protótipo já está sendo testado em veículos, como Chevrolet Bolt EV e também no Bolt EV.

A GM irá inicialmente introduzir o produto de forma limitada, com foco em veículos elétricos e frotas. No entanto, há a previsão que o sistema também seja compatível com todos seus veículos.

Benefício do Uptis

De acordo com a GM e Michelin, alguns benefícios do Sistema Único de Pneus à Prova de Furos, são:

  • SEM MANUTENÇÕES: de acordo com a General Motors, o produto é livre de manutenções, sem nenhuma quebra nos pneus.
  • MAIS SEGURANÇA: segundo a Michelin, os motoristas se sentem mais seguros na estrada.
  • ECONOMIAS AMBIENTAIS: existe também a economia ambiental, por conta do uso reduzido de matérias-primas para substituir pneus. Isto é, não há necessidade de estepe.
  • EFICIÊNCIA: com Uptis, também não é preciso se preocupar com a calibragem do veículo, o que evita desgaste de peças oriundas de pneus com pressões inadequadas! Além disso, também há mais eficiência, pois o veículo consome menos combustível que o normal.

Imagem em destaque: Foto/Reprodução Internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo