Inovação

Luminária ilumina casa sem instalação e sem gastar energia

Você sabia que é possível usar uma luminária natural em cômodos da sua casa? Justamente porque a FAKRO, empresa internacional que atua desde 1991, desenvolveu a Luminária SLT.

Dessa forma, já existe uma maneira prática de ter a luz solar até nos ambientes fechados da casa. Em outras palavras, a ideia do uso da luminária em questão é de não precisar de energia elétrica para funcionar! De fato, ela é uma grande inovação no setor energético.

Luminária natural: como funciona?

Aproveitar a luz solar do dia a dia e fazê-la chegar até aos cômodos mais fechados são a base do seu funcionamento. No entanto, sem ter uma instalação e nem gastos energéticos.

Com efeito, ela é produzida com materiais de reflexão e 3 partes estruturais que são:

  • Primeira parte: fica sobre o telhado da casa, com uma angulação que proporciona uma maior incidência dos raios solares. É um refratário que recebe a luz do sol;
  • Segunda parte: é composta por cúpula de acrílico, materiais que filtram os raios UVB, UVA e IV, e com proteção contra poeira;
  • Terceira parte: responsável por fazer a luz captada chegar até o cômodo. Assim, um tubo de alumínio leva quase 100% dos raios solares até a luminária, que os distribui pelo ambiente.  

Como resultado, todas essas partes são conectadas entre si e uma boa intensidade da iluminação solar é conduzida para ambientes fechados.

Vantagens

Consequentemente, muitos são os benefícios que essa inovação da FAKRO oferece, veja:

  • Conta de energia mais barata;
  • Não há necessidade de manutenções;
  • A limpeza da cúpula é feita com a própria água da chuva;
  • Altamente resistente;
  • Instalada até em locais difíceis;
  • Garantia de 7 anos;
  • Iluminação natural e bonita até para cômodos fechados.

Além de que é possível integrar ferramentas que armazenam energia solar durante o dia e permite que a luminária funcione livremente à noite. Gostou? Então não deixe de compartilhar!


Imagem em destaque: Foto/Reprodução Internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo