Inovação

Petrópolis substitui cavalos por charrete elétrica

Com a proibição do uso de charrete puxada por cavalos, Petrópolis precisou inovar e adotar o uso de carrete elétrica. Essa atividade sempre teve relação com o turismo da cidade, herdado do período colonial.

A CPTrans – Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes também fez o uso da charrete movida a motor elétrico, baseada no estilo vitoriano.

O motivo da proibição foi a pressão popular, que colocou o projeto em votação, que resultou em 68,58% de votos contra e 31,42% a favor das charretes tradicionais.

Além da charrete, também foram testados o tuk-tuk elétrico, que é um triciclo motorizado, jipe e carro antigo.

As famílias que operavam as charretes com cavalos foram cadastradas na Secretaria de Assistência Social, onde estão encontrando outras oportunidades de trabalho.

Dessa forma, os animais são liberados e deixam de fazer parte desse negócio colonial, esperamos que mais cidades possam adotar esse tipo de prática e apoiar cada vez mais um mundo mais sustentável.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet

Engenharia Hoje

Há mais de 9 anos no mercado, o Engenharia Hoje é um dos maiores portais de engenharia do país, sempre levando conteúdos sobre Tecnologia, Inovação e muito mais.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo