Notícias

Drone gravou erupção vulcânica na Islândia, confira

Uma erupção vulcânica ocorreu na sexta-feira da semana passada (19/03), na Península de Reykjanes, na Islândia.

O vulcão que entrou em erupção foi o Fagradalsfjall, que havia passado mais de 800 anos em total inatividade.

Segundo o Escritório Meteorológico da Islândia (IMO), a erupção é considerada pequena, tendo a fissura da erupção aproximadamente 500 a 700 metros de comprimento.

Por ser uma erupção pequena, não aconteceu a criação de nuvens de fumaça na região, porém todos moradores da região foram aconselhados a fecharem suas janelas, evitando o possível contato com gases emitidos pelo vulcão no momento da erupção.

Além disso, de acordo com o comunicado do IMO, a lava tem menos de 1 quilômetro quadrado de tamanho.

A erupção vulcânica começou após a área ter registrado mais de 50 mil tremores no decorrer de três semanas, e algumas horas de entrar em erupção houve um terremoto de magnitude 3,1.

O terremoto foi identificado a 1,2 km do vulcão, sendo um alerta que a erupção iria ocorrer em breve.

Os moradores da Península de Reykjanes estavam aguardando o evento há semanas, e por não ser uma erupção vulcânica perigosa, ninguém se feriu.

Imagens e vídeos da erupção vulcânica foram divulgados na internet

As imagens da erupção foram divulgadas na internet, além dos vídeos que foram gravados em tempo real e bem próximos ao vulcão Fagradalsfjall.

Gravação com drone

O vídeo da erupção do vulcão Fagradalsfjall foi gravado pelo piloto Bjorn Steinbekk, através de um drone que sobrevoava a região.

A gravação tem dois minutos de duração, e pode ser conferida na íntegra através do link (https://www.mbl.is/mblplayer/i/218438/).

Antes e depois da erupção vulcânica

Também foi gravado registros de antes e depois da erupção do Fagradalsfjall, onde é exibida a região que foi afetada pela erupção.

Transmissão ao vivo

Além do vídeo gravado pelo drone, também houve a transmissão ao vivo da erupção vulcânica, gravado pouco após a erupção ocorrer.

Em seguida, confira a transmissão ao vivo gravada por uma dupla de cientistas da Islândia:


Imagem em destaque: Foto/Reprodução Internet

Fonte: Exame

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo