Tecnologia

Novo avião presidencial americano poderá viajar 5 vezes a velocidade do som

O avião presidencial americano atual, Air Force One (Boeing 747), será substituído por um novo modelo supersônico.

Existem três projetos que tiveram investimentos do governo norte-americano que estão em disputa para ser o novo avião presidencial.

Em seguida, confira mais sobre os três projetos:

Avião presidencial americano poderá ser da Exosonic

No modelo da empresa Exosonic, o governo investiu 1 milhão de dólares (aproximadamente R$ 5,58 milhões em conversão direta) para voar a Mach 1,8.

Isto é, o avião a jato seria capaz de voar a quase 2.222 km/h, o que é aproximadamente duas vezes a velocidade do som.

Isso faria com que uma viagem de Nova York a Los Angeles durasse apenas 3 horas, o que hoje costuma ser o dobro.

Aviões capazes de superar a barreira do som costumam consumir muito combustível e também causar grande poluição sonora, mas o Exosonic promete ser mais silecioso que o trânsito e bem menos que o metrô.

A empresa fabricante reduziu a capacidade de passageiros para 31 viajantes, havendo no avião presidencial americano salas de reunião e também suítes privativas.

O Exosonic ainda não está em fase de produção, mas a empresa prevê que o avião esteja pronto até 2030, garantindo também uma autonomia de até 9.260 km com combustíveis sustentáveis.

Boom Supersonic: Overture

Esse segundo projeto de avião presidencial americano já conta com um protótipo produzido, o XB-1, a fim de validar o Overture.

O XB-1 conta com visual mais tradicional, com capacidade para 45 passageiros na versão presidencial.

Em questão de velocidade, o Overture deverá atingir a Mach 2,2, sendo capaz de voar a 2.965 km/h, indo de Nova York a Londres em 3h30.

Segundo a Boom Supersonic, o primeiro voo deverá ocorrer em 2025 e contará com todas as certificações necessárias para 2027.

Hermeus Corporation

Já o modelo da Hermeus Corporation deverá contar com velocidades até Mach 5, atingindo até 6.125 km/h. Com essa velocidade, é possível viajar de Nova York até Paris levasse apenas 90 minutos.

O propulsor já foi testado em tamanho real há mais de um ano, comprovando que o sistema está funcionando conforme o esperado.

No entanto, ainda não há confirmação de quando o projeto para o avião presidencial americano estará pronto, havendo apenas a previsão que a produção irá ocorrer dentro de dez anos.


Fonte: EXAME

Imagem em destaque: Imagem/Reprodução Hermeus Corporation

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo