Notícias

Blackbird, avião que supera em 3,5 vezes a velocidade do som pode estar de volta

O modelo Blackbird, criado na década de 60 pode voltar aos céus após nova adaptação do projeto. Conforme afirmam os desenvolverdores da empresa Lockheed Corporation, o avião poderia fazer o trajeto de Nova York a Londres em 52 minutos.

A história do Blackbird

O Blackbird, um dos aviões mais icônicos já construídos e tema de músicas, tem uma das histórias mais fascinantes da aerononáutica. Primeiro, construído na década de 60 como um avião para estratégia de espionagem.

A construção do primeiro modelo era capaz de voar na velocidade Mach 3,5. Ou seja, alcançava três vezes e meia a velocidade do som. Aproximadamente 3.600km/h a uma altitude de 80 mil pés.

Nesse contexto, funcionava com vazamento de combustível propositalmente. Esse avião era tão rápido que era construído com folgas entre as peças, inclusive os tanques de combustível. Caso não fosse assim, se desintegraria em pleno voo, dado o aquecimento e dilatação da fuselagem em velocidade supersônica.

A volta de um dos aviões mais rápidos do mundo

Então, depois de décadas esse lendário avião pode retornar aos céus. Conforme os rumores, a Lockheed Martin estaria voltando a desenvolver aviões para a força Aérea americana. Um deles, o Blackbird. Porém somente em 2017 confirmaram-se os rumores: um protótipo pousou na base aérea Plant -42.

Previsões para o futuro

Ainda assim, existem alguns desafios que os desenvolvedores do projeto precisam resolver. Segundo a previsão a nova velocidade do Blackbird será Mach 6. Ou seja, seis vezes a velocidade do som. A dificuldade então é de adequar a propulsão e o exterior para esse upgrade.

Portanto, talvez ainda demore um pouco para que possamos ver esse modelo nos céus. Mas é certada sua chegada, os engenheiros trabalham duro para que o avião já otimizado possa voar o mais rápido possivel.

Então, gostou do conteúdo? Acesse a página do Engenharia hoje e fique por dentro de mais notícias sobre ciência e tecnologia.


Imagem destacada: Foto/Reprodução: Internet.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo