Inovação

Cientistas criam torres de energia eólica feitas inteiramente de madeira

Em estudo recente, pesquisadores estão desenvolvendo torres de energia eólica compostas por madeira. De forma a ser uma inovação no campo de energia renovável que promete revolucionar esse setor.

Com efeito, os pesquisadores do Centro Sueco de Tecnologia em Energia Eólica são os responsáveis. E as empresas Modvion e Moelven Toreboda, especialistas no desenvolvimento de torres eólicas, unem-se aos esforços.

Torres de energia eólica de madeira

Para início de conversa, essas torres serão construídas com madeira engenheirada no lugar dos aços tradicionais.

Mas o que seriam essas madeiras?

Bem, elas são o resultado do processamento industrial de madeira mesclada com produtos, tais como resinas.

Com isso, a partir da mistura, tem-se uma madeira ultra resistente. Até mais que o aço, já usado nas torres atuais.

Todavia, as árvores para extração da madeira são prontamente específicas, plantadas e de crescimento acelerado. Justamente para esse fim, prezando pela sustentabilidade.

Então, na teoria, se tudo funcionar bem, não causará desmatamento nas regiões de extração.

Conforme o planejamento, os pesquisadores pretendem até o final deste ano, testar um exemplar, em Bjorko.

Para isso, os cientistas usarão uma torre de 30 metros de altura com madeira engenheirada.

Resultados Aguardados

Em seguida, ao sinal de êxito, os pesquisadores pretendem construir torres eólicas para comercializar a partir de 2022.

Visto que já contam com contratos firmados para produzirem torres de 110 e 150 metros de altura.

Por isso, são esperados os resultados abaixo:

  • Diminuição dos custos para produção de energia eólica, pois usa materiais menos complexos;
  • Menor liberação e armazenamento do dióxido de carbono;
  • Torres mais resistentes que o aço, capazes de durar entre 25 e 30 anos;
  • Mais sustentável, ou seja, agride menos o meio ambiente;

Vale ressaltar que os estudos prosseguem com boa expectativa.

Por último, se a iniciativa correr de modo positivo, representará um grande avanço na produção de torres de energia eólica. Portanto, possibilitará uma maior acessibilidade a essa fonte de energia renovável.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo