Curiosidades

Projeto de edifício conta com fachada perfurada e jardins, que substituem o ar-condicionado

Um projeto de edifício na vila de Bat Trang conta com uma fachada perfurada e jardins, capazes de substituir o ar-condicionado.

A vila localizada no Vietnã conta com um clima muito quente em grande parte do ano, e por isso o projeto chamou a atenção da comunidade.

Se trata de uma casa de 5 andares, que conta com a cerâmica típica da região em sua fachada, mas perfurada e também com jardins elevados.

Todas essas características buscam refrigerar o ambiente, que é ideal para uma família de até sete pessoas que deseja se conectar à natureza.

Projeto de edifício envolveu 4.098 tijolos de cerâmica

O projeto, que foi chamado Bat Trang House, pertence ao estúdio Vo Trong Nghia Architects, e envolveu 4.098 tijolos de cerâmica sob medida feitos por produtos locais.

Foi através desses tijolos que a “pele perfurada” com aberturas funcionais foi criada, de acordo com o estúdio.

Essas aberturas garantem a circulação do ar e a entrada da luz do sol, além de haver árvores e outras plantas que tem como função garantir uma zona com “ar resfriado”, assim como os ares-condicionados.

Jardins elevados

Diversos jardins elevados preenchem o espaço entre as paredes externas e a segunda fachada interna, que conta com janelas que garante a iluminação natural.

Além disso, essas janelas são grandes, e contam com uma bela vista para os jardins elevados, conectando a conexão com a natureza do local.

O projeto do edifício conta com um design em camadas, onde a luz é filtrada sem haver o risco de um superaquecimento do edifício.

Essas “camadas” são a de cerâmica e a fachada verde, e por isso, segundo os arquitetos envolvidos, os painéis de vidro foram integrados sem medo.

Interior do edifício

O interior conta com uma paleta de terracota simples e minimalista, que une o interior com a parede feita com os tijolos cerâmicos.

Em seu interior, foi utilizada a madeira escura nos pisos, painéis, caixilhos das janelas e até mesmo nas vigas da casa.

Os 5 andares foram distribuídos da seguinte forma: o subsolo, térreo e primeiro andar foram totalmente dedicados à loja de cerâmica de lá, enquanto os andares superiores pertencem aos espaços residenciais.


Fonte: Ciclo Vivo

Imagem em destaque: Imagem/Reprodução Hiroyuki Oki

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo