Inovação

Bicicleta da NASA tem pneus que não furam

A bicicleta da NASA conta com pneus METL: pneus futurísticos que não furam e compostos por um material leve e também super elástico.

Os pneus contam com o material chamado de NiTinol +, capaz de ser dobrado e voltar a sua forma original em poucos instantes.

O projeto dos pneus pertence a startup Smart Tire Company, localizada na Califórnia, em parceria com a National Aeronautics and Space Administration (NASA), a agência espacial dos Estados Unidos.

A empresa pretende lançar a bicicleta da NASA com os pneus METL em 2022.

Pneus super elásticos que não furam

Segundo a startup, os pneus não necessitam de ar para todos, além de serem fortes assim como o titânio, suportando deformações.

Além disso, os pneus também eliminam a possibilidade de falha de punção e não é preciso ter uma estrutura interna para o conjunto de pneu + roda.

Por se tratar de materiais de longa duração e serem ecologicamente corretos, não haverá desperdício de pneus, além de reduzir o uso de elastômero, paredes laterais e de invólucros de borracha.

Por fim, os pneus METL também contam com outro benefício: eles podem ser configurados para alta tração, a fim de percorrer diversos terrenos.

Bicicleta da NASA com os pneus METL é só o início

Segundo a Smart Tire Company, que foi fundada no ano passado (2020), novos produtos irão surgir, especialmente para os veículos de quatro rodas.

A startup atualmente está trabalhando em conjunto com a Spin, uma empresa de micromobilidade que pertence a Ford, a fim de desenvolver pneus para scooters elétricos.

Além disso, também há a parceria com a Felt Bicycles, uma conhecida marca de bicicletas.

Essas parcerias irão ajudar a empresa a desenvolver novos produtos, a partir das pesquisas, análises de dados e também pela ciência dos materiais.

De acordo com a Smart, ainda é preciso mais testes para os veículos de quatro rodas, mas a empresa tem como objetivo ser a Tesla da indústria de pneus.

O objetivo se dá devido ao produto, que deverá revolucionar a indústria automotiva em escala global.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução Internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo