Inovação

Sistema que filtra microplásticos da água foi criado por estudante

Um sistema que filtra microplásticos da água foi criado pelo estudante Gabriel Fernandes Mello Ferreira, do Colégio São José, de Itajaí (SC).

A eficácia do sistema é de 100%, sendo adotado pela Estação de Tratamento de Água (ETA), atualmente responsável por 70% do abastecimento da cidade de Itajaí e também Navegantes.

Além disso, o projeto de Gabriel também foi um dos finalistas da 19ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE).

Segundo o estudante, o mecanismo é facilmente incorporado ao processo de tratamento de água, com custo de aproximadamente R$ 450.

Sistema que filtra microplásticos foi testado em aquário

O estudante foi auxiliado pelos professores, e o mecanismo criado para reter os microplásticos não chegou a ser testado nas estações de tratamento devido a pandemia.

Por conta disso, foi construído um modelo menor, a fim de simular os resultados em um aquário, onde filtrou quase todas partículas plásticas.

Durante o ano, uma pessoa pode consumir na água até 121 mil partículas de microplásticos, o que é nocivo tanto para seres humanos quanto animais.

Segundo Gabriel, o processo de tratamento convencional conta com diversas etapas, sendo elas:

  • decantação;
  • filtragem;
  • desinfecção
  • fluoretação.

No entanto, nenhuma dessas etapas conseguem reter os microplásticos, e o processo somente filtra a parte superficial da lâmina d’água.

Mecanismo criado

O mecanismo criado por Gabriel funciona através do filtro, onde um skimmer é utilizado através de canos.

Como resultado, a água é direcionada para um cilindro plástico que possui um fundo de malha de nylon, com abertura de 300µ.

De acordo com o estudante, este copo coletor é o elemento filtrante, local onde a água passa e o microplástico fica retido em sua malha.

Com o projeto do mecanismo criado, houve como resultado os 100% de eficiência, sendo então aderido pela Estação de Tratamento de Água de sua região.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo