Notícias

China quer missão espacial para ir além do sistema solar

A China quer uma missão espacial para ir além do sistema solar, a fim de se tornar a segunda nação a lançar uma missão interestelar.

O plano do país é enviar duas sondas para uma missão além das fronteiras do nosso sistema solar, como parte das comemorações do 100º aniversário da Revolução Popular da China, comemorado em 2049.

O anúncio foi realizado pelo designer-chefe do Programa de Exploração Lunar da China, Wu Weiren.

China quer missão espacial para entender mais sobre as galáxias

Para realizar a missão, é preciso realizar uma viagem de aproximadamente 100 unidades astronômicas, sendo que uma das viagens será a distância média da Terra e o Sol.

No entanto, para que a missão possa ser realizada, é preciso que os chineses lancem suas espaçonaves em até três anos, para chegar a tempo da comemoração em 2049.

Entre os principais benefícios dessa missão, está em ajudar o país na hegemonia na exploração espacial e também o entendimento maior sobre a nossa galáxia e também galáxias próximas a nossa.

Estados Unidos foram os primeiros a deixar o nosso sistema solar

Até agora, somente os Estados Unidos foi capaz de deixar o nosso sistema solar e já lançar cinco objetos. Sendo as mais conhecidas, as sondas da missão Voyager.

Nessa missão, as sondas carregam discos de ouro que contam com sons da Terra, como barulhos da natureza e também músicas.

A missão iniciou em 1977, com o lançamento da Voyager 1 e Voyager 2, com objetivo de estudar os planetas Júpiter e Saturno e suas luas e, posteriormente, ampliado para explorações em Urano e Netuno e o estudo do espaço após a órbita de Plutão.

A real missão interestelar iniciou em 1990, após os objetivos no nosso sistema solar serem atingidos e está ocorrendo até hoje, sendo considerada a missão espacial mais longa de todos os tempos.


Fonte: Olhar Digital e Revista Galileu

Imagem em destaque: Foto/Reprodução NASA

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo