Notícias

FAB está testando o Gripen-E, um novo caça supersônico para o Brasil

A Força Aérea Brasileira (FAB) ampliou os testes com o modelo F-39 9 Gripen E, o novo caça brasileiro. Conforme os resultados, o modelo apresenta funcionamento melhor do que o esperado.

O desenvolvimento da FAB

Em parceria com a empresa Saab, uma empresa sueca, a Força Aérea do Brasil tem previsão de receber mais ou menos 36 aeronaves. O custo total do contrato entre as partes é de 4,5 bilhão de dólares.

Portanto, dos 36 aviões, 15 devem ser montados pela Embraer em São Paulo. Inclusive o Gripen F, uma variação com dois lugares do modelo original.

O modelo Gripen E

O modelo Gripen E é um caça supersônico que pode voar até duas vezes a velocidade do som, aproximadamente 2.400 km/h.

Ainda, conta com radares AESA e Selex ES 60, recursos de ataque eletrônico, fontes de alimentação em cada ponta das asas. Além disso, ainda conta com transmissores no estabilizador vertical.

Os testes de voo no Brasil

Afinal, a FAB iniciou os testes de voo em Gavião Peixoto (SP), onde fica a fábrica da Embraer. Também o centro nacional de desenvolvimento da aeronave.

Porém, para evitar o incômodo com os barulhos para a população, os voos acontecem em uma região menos habitada a nordeste do local. A altitude usada para os testes é de 5 mil pés.

Enfim, a velocidade durante os testes ainda não foi divulgada pela Força Aérea. Contudo, os responsáveis afirmam que o desempenho supera as expectativas.

Conforme aponta o porta-voz da FAB: “vai ser a mais moderna e avançada plataforma atuando na defesa do espaço aéreo do Brasil”. Agora, só falta direcionar os testes para a parte operacional e realizar e liberar para uso dos órgãos competentes.

Então, gostou do conteúdo? Clique aqui e saiba mais sobre novidades de ciência e tecnologia.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução: Força Aérea Brasileira (FAB).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo