Notícias

General Motors já tem data para abandonar os motores à combustão

A General Motors (GM) é outra montadora que já conta com uma data para abandonar os veículos que tem motores à combustão, o anúncio foi feito em uma quinta-feira (28/01).

Segundo o anúncio, a GM deverá ser neutra em termos de carbono até o ano de 2040, incluindo todo seu portfólio de produtos e operações globais.

Além disso, todas fábricas que envolvem a operação e atividades relacionadas também devem cessar até a data prevista.

No entanto, segundo a montadora, os veículos leves devem ser aposentados um pouco mais cedo, até o ano de 2035.

Os veículos atualmente respondem por aproximadamente 75% da empresa quando se trata de emissões de carbono, e por isso serão aposentados o quanto antes.

A empresa ainda não deixou claro quanto ao seu novo portfólio, apenas deixando claro que irá realizar a transição para veículos elétricos a bateria ou utilizar também outra tecnologia com emissão zero.

Planos da General Motors

A GM irá desenvolver veículos em diversas faixas de preços, e ao total deverá oferecer ao redor do mundo cerca de 30 modelos, que serão 100% elétricos, até os meados da 2030.

Nos Estados Unidos a promessa é ainda mais rápida, onde 40% dos modelos serão elétricos e comercializados no país até o fim de 2025.

Atualmente, a empresa já está em colaboração com empresas como a EDF, a fim de construir a infraestrutura de carregamento necessária, também promovendo a aceitação do consumidor final.

Enquanto não houve a migração completa dos veículos, a companhia se compromete a aumentar a eficiência do combustível em seus veículos tradicionais.

Investimentos para a migração dos motores à combustão

Segundo a montadora, será realizado um investimento de US$ 27 bilhões globalmente ao decorrer dos próximos cinco anos, sendo focado em tecnologias de propulsão alternativa e condução autônoma.

Mais da metade dos gastos de capital e da equipe de desenvolvimento dos produtos da General Motors também devem ser dedicados a programas de veículos elétricos e autônomos.

Por fim, outro investimento será em fornecer 100% de energia renovável para abastecer instalações nos Estados Unidos até 2030, e de forma global até 2035.

De acordo com a empresa, mesmo que veículos elétricos não emitam emissões, é necessário que sejam carregados com eletricidade gerada por fontes renováveis.

A General Motors também anunciou que tem trabalhado com concessionárias e desenvolvedores para apoiar investimentos em energia renovável através de contratos de compra de energia e tarifas verdes.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução Internet

Fonte: Autoo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo