Notícias

Japoneses encontraram em amostra de asteroide, água e compostos orgânicos

A amostra de asteroide do Itokawa que foi estudado pela equipe Royal Holloway, que trabalha Universidade de Londres (RHUL) teve seus resultados publicados na revista Nature.

Pela primeira vez, água e compostos orgânicos foram encontrados em um asteroide. A amostra foi coletada na missão japonesa da JAXA (agência espacial japonesa), que chegou no asteroide Itokawa com a missão Hayabusa em 2005.

Em 2010, a amostra retornou à Terra, e está sendo estudada desde então pelos cientistas.

Resultados da amostra de asteroide

O asteroide tipo-S foi formado a partir de uma pilha de materiais, de acordo com o estudo dos cientistas.

Essa pilha de materiais provém de um objeto ainda maior, que se aglomeraram em órbita, formando então o asteroide Itokawa.

Segundo Queenie Chan, do Dpto. de Ciências da Terra (RHUL), ao estudar detalhadamente um grão do asteroide (chamado de Amazon), foi possível notar que o grão preservou tanto a matéria orgânica primitiva (não aquecida) quanto a processada (com aquecimento a dez mícrons de distância).

A amostra de asteroide mostrou que o Itokawa não só alcançou temperaturas ainda maiores que 600 °C, como também sofreu evoluções químicas na água e nos compostos orgânicos ao longo do estudo.

De acordo com os pesquisadores, o asteroide evoluiu ao longo do tempo, pois incorporou a água e o material orgânico em sua estrutura.

Após o asteroide Itokawa passar por um calor extremo, impactos e desidratação, ainda foi capaz de se reconstruir.

A reconstrução foi feita a partir de fragmentos que restaram, e a água foi obtida a partir de poeira e impactos de meteoritos.

A amostra também ajudou a concluir que os asteroides do tipo-S (ricos em sílica) contam com ingredientes importantes para o florescimento da vida, o que até então era direcionado somente para asteroides tipo-C (ricos em carbono).

Como resultado, as descobertas sugerem que a mistura desses materiais é mais um processo comum que ocorre no sistema solar.

Missão Hayabusa

Na missão Hayabusa, a espaçonave tinha como principal objetivo coletar diversas partículas, de diferentes tamanhos do Itokawa.

O objetivo da missão era também entender todas as reações com a água líquida, a fim de compreender sobre o surgimento e evolução da vida em compostos orgânicos.

Por isso, era necessário contar com amostras de materiais do espaço que preservaram o estado desses compostos, tanto físicos, quanto químicos e orgânicos.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução JAXA

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo