Sustentabilidade

Arquiteto cria casa que se comporta como girassol que capta 40% mais energia solar

Entre as inovações da tecnologia sustentável, o arquiteto japonês Koichi Takada criou uma casa que se comporta como girassol.

A arquitetura mais sustentável está cada vez mais presente nos projetos, e a Sunflower House é uma delas.

A Sunflower House busca não só imitar a estética de um girassol, como também o seu comportamento: alimentadas por energia solar.

As casas contam com um grande painel solar como teto, mas não é só isso: as próprias casas giram, a fim de captar mais luz do sol.

Somente pelo fato da casa acompanhar o movimento do sol, assim como as flores, elas ganham 40% mais energia, no mesmo espaço de tempo.

Com a luz do sol, é feita a energia sustentável para seus funcionamentos, como o sistema de aquecimento para o inverno.

Casa que se comporta como girassol traz outros recursos

O projeto não é só sustentável quando se trata de energia solar, pois também utiliza a coleta de água da chuva e outros recursos naturais.

As construções de Takada possuem três andares, e cada apartamento pode ter entre dois a três quartos.

Segundo o arquiteto, ele foi inspirado especificamente nos girassóis que existem no centro da Itália, os girassóis de Umbria.

Além disso, Takada também afirma que o uso da biomimética é um caminho essencial para alcançar a responsabilidade de utilizar os benefícios ambientais.

Ele também afirma que os estudos das estruturas e do padrão sustentável, dentro da própria natureza também é fundamental.

Para o arquiteto, as mudanças climáticas devem ser catalizadores para mudanças positivas, que aparecem em nossas casas.

Ele também cita que pelo futuro do planeta, é preciso mudar toda a lógica industrial para uma natural, com uma arquitetura cinética e viva.

Por fim, Takada também cita que a arquitetura deve respeitar o ambiente, isto é, ser sustentável enquanto é capaz de melhorar o bem-estar de quem o habitar.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo