Sustentabilidade

Espanha irá transformar toneladas de casca de laranja em energia limpa

Em Sevilha na Espanha, os resíduos de laranja servirão de matéria prima para gerar energia limpa.

A cidade é conhecida como a capital das Laranjas devido a grande concentração de pés espalhados pela cidade. Além de ser um produto amplamente produzido por lá para fins comerciais.

Com excesso vêm um problema, perdas. E é por isso que a companhia de água da cidade resolveu criar um sistema de reaproveitamento destas frutas.

Como funciona a energia limpa de laranja?

A ideia é transformar os resíduos que caem pelo chão da cidade em combustível para gerar energia limpa para a própria estação de tratamento de água.

O processo de decomposição da laranja gera gás metano, cerca de 34 vezes mais denso que o dióxido de carbono e capaz de reter mais calor. Fato que contribui para o aumento do efeito estufa.

Em Sevilha como se perde muita laranja, em grandes quantidades. Uma forma de usar isto a favor. É apropriar deste gás gerado no processo.

A empresa de abastecimento e tratamento da água de Sevilha, a EMASESA, operará o processo em sua planta de geração termoelétrica.

Com o aproveitamento da laranja amarga, cerca de 1 tonelada dela, é capaz de gerar 50kWh segundo testes da empresa.

No caso não é muita energia gerada, porém é o suficiente para alimentar 5 casas por 24h. — Afinal, não é tão pouca energia assim, não é mesmo?

Como boa parte da produção acaba não sendo consumida, o desperdício é grande. Sendo mais de 200 pessoas contratadas só para colher as laranjas do chão.

Com toda a capacidade de produção de Sevilha, que chega a ser cerca de 15 mil toneladas de laranja amarga. Seria possível atender cerca de 73 mil casas com a energia devolvida à rede elétrica.

O projeto final é que no futuro seja possível redistribuir essa energia da biomassa da laranja para a rede elétrica também.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução Internet

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo