Inovação

Arquiteta brasileira criou mini casas, com construção modular em apenas 10 dias

A arquiteta brasileira, Camilla Pereira, criou mini casas (ou tiny houses) com construção modular em somente dez dias.

Segundo a arquiteta que trabalha no escritório chamado Porto Quadrado, a procura por essas “mini casas” aumentou no último ano, devido a crise do coronavírus que despertou outros interesses nas pessoas.

Camilla também citou que a experiência com essas tiny houses é intimista e consciente, além de também promover uma economia financeira.

Arquiteta brasileira utiliza sistema construtivo em aço nas mini casas

A arquiteta também projetou e executou a primeira Mini Mod do escritório MAPA, além das trigêmeas do Alpes São Chico, no Rio Grande do Sul.

No caso das trigêmeas, houve aproximadamente 1,5 tonelada de aço em sua estrutura, o que também é efetivo para uma mini casa, devido a rapidez e versatilidade do material.

Camila informou que o sistema construtivo em aço pode ser utilizado na estrutura, nas esquadras, nos revestimentos e também nos fechamentos da casa.

Além disso, o material também garante uma construção mais “limpa”, visto que são desenvolvidas industrialmente, sem causar impactos ambientais e também desperdiçar materiais.

Tempo de construção

As mini casas já vem montadas da indústria, sendo necessário apenas a base para a casa e a instalação de água e luz.

Como resultado, a arquiteta brasileira explicou que a construção de uma tiny house pode durar, em média, somente 10 dias.

Lembrando que essas mini casas não precisam ser fixas, havendo a possibilidade de ser uma casa móvel que é regulamentada e homologada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

A primeira casa minimalista móvel foi regulamentada e homologada pelo Denatran em dezembro do ano passado (2020).

Valor e investimento para a construção de mini casa

De acordo com a arquiteta brasileira, o investimento de uma mini casa no Brasil é de R$ 2 mil a cada metro quadrado.

Para manter uma boa qualidade de vida, o indicado é ter, no mínimo, 20 m² no total, fazendo com que o investimento sai por cerca de R$ 40 mil.


Fonte: Ciclo Vivo

Imagem em destaque: Foto/Reprodução Pés Descalços

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo