Notícias

Jaguar já tem data marcada para abandonar os motores a combustão

Em fevereiro deste ano, a Jaguar Land Rover (JLR), integrante da indiana Tata Motors, anunciou que também vai abandonar o uso de motores a combustão. 

Assim, a decisão já tem prazo determinado, sendo que a partir de 2025, a marca britânica pretende produzir apenas carros elétricos.

Dessa forma, a montadora conhecida por seus carros de luxo, realizará gradualmente a troca dos motores a combustão pelos elétricos. 

A decisão da Jaguar 

Sobretudo, a decisão de parar a produção de novos motores a combustão, faz parte de medidas ambientais impostas pela União Europeia.

Justamente com o objetivo de reduzir profundamente as emissões de gases poluentes na atmosfera, como o dióxido de carbono. 

Segundo o CEO da Jaguar, o executivo Thierry Bolloré, que comunicou a decisão, a montadora quer zerar sua emissão de gases tóxicos até 2039. 

Por isso, a empresa está investindo alto para efetuar a mudança, que revoluciona todo o modelo produtivo e o mercado.  

Além dos resultados ambientais positivos da decisão, a montadora também espera melhorar sua situação financeira atual. 

Então, a marca prevê investimentos de até 2,5 bilhões de libras para adquirir os meios que possibilitem a eletrificação dos seus carros.

Outro ponto importante é que a Jaguar já teve que pagar multas à União Europeia por descumprir metas de liberação de gases. O que contribui para a mudança de postura. 

É certo que a Jaguar vem estudando os motores elétricos desde 2018. Visto que lançou o seu primeiro modelo 100% elétrico, o SUV I-PACE.

O futuro 

A expectativa é que em 2030, todos os carros da marca sejam totalmente elétricos.

Desse modo, a montadora britânica segue os mesmos passos da Mercedes-Benz e da Audi, que também já têm data prevista.

Com isso, a Jaguar vai liderar esse processo na Tata Motors. Logo, será a vez da Land Rover abandonar os motores a combustão.

Como parte do planejamento, a Jaguar quer centralizar os planos na fábrica de Solihull primeiro. 

Portanto, é um grande passo para as marcas, rumo ao desenvolvimento sustentável. Não deixe de compartilhar!


Imagem em destaque: Foto/Reprodução Pexels

Fonte: Jornal do Carro – Estadão

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo