Notícias

Mercedes-Benz já tem data para abandonar os motores à combustão

A Mercedes-Benz, uma das maiores marcas de automóveis, anunciou que vai abandonar os motores à combustão. A medida tem data prevista para 2039. 

Com efeito, o presidente da Mercedes-Benz e do Grupo Daimler, Ola Källenius, está à frente dessa nova etapa. Cujo objetivo é adotar os motores elétricos.

Dessa forma, Källenius afirma que a partir de 2039, a marca só comercializará carros elétricos ou híbridos. 

Por que abandonar os motores à combustão?

A resposta está na redução da emissão de gases poluentes, como o dióxido de carbono. 

Essa é uma das principais metas da companhia, até porque é parte do tratado firmado no Acordo de Paris, que visa diminuir o aquecimento global. 

Assim, somam-se ainda dois fatores:

  • Os motores à combustão são responsáveis por liberar grande quantidade de gases poluentes para a atmosfera;
  • Já os motores elétricos, oferecem grandes vantagens, além das ambientais.

Com isso, a iniciativa inclui outras montadoras, como a Volkswagen e a Volvo, que também anunciaram a mudança. 

Como será feita

Não há dúvidas de que esse é um grande desafio. Entretanto, a Mercedes-Benz pretende começar adicionando fundos para investir no desenvolvimento dos motores elétricos. 

Ao mesmo tempo que reduzirá gradualmente a produção dos motores a combustão até a data prevista. 

Justamente porque a montadora compreende que essa é uma mudança profunda, com investimentos expressivos. E ao pensar em todos os países, ela reconhece que alguns terão mais dificuldades, como o Brasil. 

Por esse motivo, os prazos precisam ser mais longos, o que explica a previsão para 2039. 

Todavia, há um planejamento para alcançar o sucesso da mudança. A começar pelas parcerias formadas entre indústrias de tecnologia e montadoras, a fim de amenizar os custos. 

Nesse sentido, Källenius reconhece que é preciso ter cuidado com as parcerias e procurar manter as características próprias da marca. 

Como parte dos planos de abandonar os motores à combustão, a Mercedes-Benz lançou o automóvel EQC 400 no Brasil em 2020, totalmente elétrico

Em síntese, a Mercedes-Benz, firme em sua decisão, garante manter o mesmo estilo dos veículos. Agora, muito mais sustentáveis com os motores elétricos. 


Imagem em destaque: Foto/Reprodução Internet

Fonte: Valor Econômico

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo