Sustentabilidade

Empresa transforma caroço de abacate em talher biodegradável

A empresa mexicana BioFase trouxe uma nova inovação sustentável ao mercado: transformar caroço de abacate em talher biodegradável.

Os talheres e também canudos que são fabricados pela empresa BioFase tem uma matéria-prima ecológica em aproximadamente em 60% de suas composições, enquanto os outros 40% são formados por compostos orgânicos sintéticos.

O produto final tem como promessa ser adequado tanto para comidas quente quanto para comidas frias, sendo forte o suficiente para não dobrar.

Desse modo, o talher biodegradável é muito competitivo com os talheres de plástico ou no caso do canudo, com os canudos tradicionais.

Talher biodegradável podem ser utilizados por até um ano

De acordo com a empresa, um ponto forte e chamativo do produto é a sua durabilidade em comparação aos talheres descartáveis plásticos.

Caso o talher seja mantido em um local fresco e seco, os talheres podem ser utilizados por até mesmo um ano.

Além disso, quando for a hora de descartar o produto, é somente preciso os enterrar no solo, visto que eles irão se degradar dentro de 240 dias.

Matéria-prima está em abundância no país

Como a principal matéria-prima é o caroço/semente do abacate, isso não é um problema de ser encontrado no país, visto que aproximadamente 50% do abacate consumido no mundo vêm do México.

Lembrando que a principal matéria é o abacate sendo um resíduo agroindustrial, ou seja, a BioFase coleta as sementes de abacate de empresas.

Essas empresas que fornecem a semente costumam processar os abacates para fazer guacamole ou óleo, por exemplo.

BioFase pretende reduzir em até 60% o consumo de plástico à base de petróleo

Por se tratar de uma empresa comprometida ecologicamente, uma das promessas mais fortes da empresa é a redução do consumo de plástico à base do petróleo.

Atualmente, a BioFase promete reduzir em até 60% esse consumo, sem ser preciso que o plástico seja tratado de um jeito especial ou separado para a reciclagem.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução Ciclo Vivo

Fonte: Ciclo Vivo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo