Notícias

NASA acabou de testar foguete que levará primeira mulher à lua

Os testes da NASA com o foguete que irá levar a primeira mulher à lua já começaram. Dessa maneira, os pesquisadores esperam logo começar as missões com o novo foguete.

O foguete SLS

O programa Artemis ganhou um novo foguete. Os testes aconteceram no último dia 16 de março. O foguete Space Launch System (SLS) faz parte deste programa que tem o objetivo de executar missões à lua e marte.

O núcleo central foi o objeto dos últimos testes, para verificar durante o “teste quente” se o funcionamento dos propulsores está dentro do esperado para o equipamento.

Os testes da NASA

O teste aconteceu no Centro Espacial em Stennis, no Mississipi. Porém, o foguete não decolou ainda. Assim, o teste acontece com ele preso à uma plataforma e os propulsores ficam ligados por 8 minutos.

Conforme os responsáveis pelos testes afirmam, oito minutos é um tempo suficiente para conseguir colocar a nave em órbita numa missão real. O próximo teste acontecerá em novembro, quando uma cápsula não-tripulada vai ser mandada para circular a lua.

Dessa maneira, é sempre bom lembrar que os testes sempre são televisionados e transmitidos em vários meios de comunicação no mundo todo.

O vídeo do teste você pode assistir na íntegra aqui:

A missão à lua

As próximas missões do programa Artemis estão previstas para levar à lua a primeira mulher. Por isso, a importância do sucesso deste programa é enorme para encorajar outras mulheres que tem o sonho de serem astronautas.

Mas vale lembrar que em 2016 as mulheres já eram metade de toda equipe da NASA pela primeira vez na história. A empresa afirma que tem uma política sobre a diversidade de gêneros em seu quadro de funcionários.

Gostou do conteúdo? Então clique aqui e saiba mais sobre novidades de ciência e tecnologia.


Imagem em destaque: Foto/Reprodução: NASA.

Fonte: Olhar Digital

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo